Já batemos um papo por aqui sobre No Poo e Low Poo e claro que mencionamos bastante o termo Co-Wash. Hoje vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre essa técnica. Ela vem fazendo as cabeças de quem não abre mão de manter a saúde do cabelo e busca alternativas para a limpeza dos fios.

O que é o Co-Wash?

O Co-Wash nada mais é do que lavar os cabelos com o condicionador. Mas calma que a gente vai te explicar direitinho como isso é possível. Em um primeiro momento, quem ouve essa explicação, torce o nariz e faz aquela cara de “nojinho”. Mas com os produtos e a técnica certa, é possível limpar e hidratar os fios com o condicionador.

Quem pode fazer o Co-Wash?

A técnica do co-wash é muito conhecida principalmente entre as crespas e cacheadas. Mas antes de receber esse nome “chique”, ele já fazia parte da rotina de cuidados de muita gente. Vai dizer que você nunca se viu naquele dilema “lavei o cabelo ontem, se passar shampoo hoje vai ressecar. Mas preciso limpar meus fios. Vou passar só um condicionador, então!”. Pois bem. É basicamente isso!

O Co-Wash é feito por algumas pessoas entre as lavagens “oficiais” com o shampoo, apenas para higienizar os fios de forma leve e sem agredí-los com sulfatos e afins. Também é um passo fundamental dos adeptos do No-Poo, que não faz uso de shampoos. Para manter os cabelos limpos, quem faz o No Poo usas o condicionador na hora de limpar as madeixas. A intenção é manter a hidratação natural dos fios ao mesmo tempo em que se retira sujeira e resíduos leves, como é o caso dos silicones solúveis.

Ok, então é só pegar meu condicionador e utilizar?

Absolutamente, não! Para fazer o co-wash corretamente você não pode usar qualquer produto. E é justamente aqui que a técnica complica um pouquinho. O ideal é que o condicionador utilizado tenha uma fórmula totalmente livre de petrolatos, parafinas, óleos minerais e silicones insolúveis em água. Quanto mais “leve” for o produto, melhor ele limpa e menos resíduos deixa nos fios.

Se o condicionador utilizado tiver uma fórmula carregada de petroquímicos, ao invés de fazer a limpeza ele servirá apenas para acumular ainda mais resíduos, “encapando” a sujeira junto ao fio e agindo apenas como uma “maquiagem”. Portanto, atenção na hora de comprar um condicionador para fazer o co-wash!

Beleza, já tenho o condicionador ideal. E agora?

Uma vez que você entende qual é o produto certo para fazer o Co-Wash, não é difícil aplicar a técnica:

  • Basta molhar bem os cabelos e passar o condicionador em doses generosas, como se fosse um shampoo mesmo;
  • Massageie bem o couro cabeludo com o produto. Atenção, essa é a parte mais importante, pois é a massagem que vai fazer a limpeza da cabeça.
  • Traga o produto para a extensão dos fios com o intuito de limpá-los, massageando sempre mecha a mecha;
  • Enxágue com água abundante até sentir que o produto foi totalmente retirado;
  • Reaplique o condicionador no comprimento e pontas, desta vez, pausando o produto por alguns minutinhos antes do último enxágue.

Simples e rápido!

Mas não deixa o cabelo pesado, oleoso e o couro cabeludo ensebado?

Se você utilizar o condicionador certo, não. O efeito “pesado” não acontece nos fios, mesmo que seu tipo de cabelo seja ondulado, liso, fino, etc. Isso porque, como já dissemos, a fórmula do condicionador age como limpante, sem acumular resíduos nos fios. Se o seu cabelo está mais danificado e fragilizado, pode usar e abusar da técnica para garantir proteção, hidratação e, claro, cabelos limpos! O Co-Wash também pode ser usado por quem faz a Transição Capilar, época em que geralmente os fios precisam de mais cuidados.

Vale lembrar ainda que a técnica, além de ser popular entre crespas e cacheadas, também é ótima para quem faz colorações, já que diminui consideravelmente o desbotamento da tinta na hora da lavagem. O Co-Wash também pode ser usado naqueles dias mais quentes, em que o couro cabeludo transpira mais, ou depois da academia, por exemplo.

O que acharam? Teste a novidade na sua casa e depois conte pra gente os resultados!

Comentários do Facebook