Com o surgimento da escova progressiva, muitas mulheres encontraram uma solução para os cabelo volumosos, por ser um método que tem maior duração e uma manutenção fácil. A escova progressiva é perfeita para quem tem cabelos ondulados e volumosos. Com ela, os fios ficam lisos, brilhantes e com movimento. A técnica também é chamada de defrizz e resolve problemas como pontas duplas, fios ressecados, sem forma e indisciplinados.

 

Como é feita a escova progressiva?

O processo é feito através da aplicação de um produto específico para o tratamento nos cabelos. Para que seja feita a fixação da progressiva, o profissional utiliza o secador de cabelo e a chapinha, aproveitando também para fazer a modelagem dos fios e deixá-los bem alinhados.

Tipos de Escova Progressivas:

Sem Formol

 

Geralmente as escovas progressivas sem formol contém em sua fórmula extratos naturais como óleo de argan, queratina hidrolisada, agentes hidratantes e um blend de óleos que oferece um tratamento eficaz sem prejudicar a saúde e vitalidade dos seus cabelos. Por ser um produto sem formol, é compatível com qualquer tipo de química.

 

Definitiva

A escova progressiva definitiva mantém os cabelos lisos por mais tempo do que os outros alisamentos. À base de tioglicolato de amônia, um ativo que muda a estrutura do fio, garante uma aparência super lisa, efeito esse que as mulheres só conseguem atingir com a ajuda da chapinha.

Semi definitiva
Se a intenção é transformar cachos e ondas em fios lisos com aspecto mais natural, esse é o melhor tipo de escova progressiva para você. Ela pode durar em torno de quatro meses.

Em vez da prancha de cerâmica, como nas outras progressivas citadas, os profissionais usam uma chapinha de porcelana nesse processo, que não alisa tanto o cabelo, deixando-o com a aparência mais natural.


Inteligente
Com composição semelhante a definitiva, a escova progressiva inteligente possui a adição de proteínas e minerais. Com ela, os cabelos podem ser lavados no mesmo dia do tratamento. A cada aplicação, os cabelos se tornam mais finos e lisos, mas também perdem massa. O período de duração desta escova é de quatro a seis meses.

O retoque do tratamento vai de acordo com o crescimento dos cabelos, ou seja, quando crescer, é só retocar a raiz. Esse procedimento não é muito indicado para quem tem os fios muito crespos, pois pode deixar um efeito de ondas artificiais.

 

Indicações e contraindicações

Como falamos anteriormente, a escova progressiva é um tratamento indicado para quem tem cabelos volumosos, crespos, enrolados ou ondulados. Não é recomendado para pessoas com couro cabeludo sensível ou cabelos muito oleosos.

 

Além disso, crianças não podem fazer escova progressiva. E grávidas também devem evitar o procedimento porque a química pode afetar a saúde do bebê.


Produtos que contenham fórmulas distintas não podem ser aplicados no mesmo cabelo em um intervalo de tempo muito curto, podendo levar ao corte químico
. Por exemplo, quem utiliza produtos com guanidina em sua composição não deve recorrer a produtos que contenham amônia.

 

Como fazer a progressiva durar mais

 

Para quem quer fazer com que o tratamento dure mais, é indicado o uso de shampoos sem sal. Este mineral é um ativo responsável pela  limpeza profunda dos fios. Ou seja, ajuda a acelerar a remoção o efeito da escova progressiva.

E lembre-se, quanto mais o cabelo for lavado, menor será a duração da progressiva. A água tende a retirar o efeito do procedimento. Logo, evite lavar os cabelos todos os dias, tente limitar-se a 3 vezes por semana.


E aí, você já fez
escova progressiva?


Deixe um comentário de como foi a sua experiência.

 

Comentários do Facebook