Depois da lavagem com shampoo e condicionador, aposte nos finalizadores. Eles são os produtinhos que irão garantir que os seus fios fiquem hidratados, macios e protegidos por mais tempo! Além dos leave-ins e dos cremes para pentear, outros produtos podem te ajudar na finalização das madeixas, como a gelatina capilar e o gel. Mas você sabe qual a diferença entre os dois? Qual a melhor forma de usar a gelatina capilar? Então continue lendo esse post que vamos te contar tudinho!

Afinal, o que é a gelatina capilar?

A gelatina capilar é, nada mais, do que o colágeno. Por ser solúvel em água, o colágeno consegue penetrar nos cabelos, mantendo sua hidratação. Além disso, a gelatina capilar deixa os cabelos macios e auxilia na manutenção da umidade natural dos fios. Tudo isso graças à glicerina e à prolina, que ajudam a melhorar a elasticidade das madeixas.

A ação do colágeno no cabelo

E se pudéssemos voltar no tempo para apagar todos os danos que já cometemos com o uso de químicas ou de produtos ruins? Seria incrível, né? É ai que entra o colágeno!

O poder de ação rejuvenescedora que o colágeno tem é impressionante. Na verdade, o colágeno é uma proteína produzida pelo nosso próprio corpo, desde o nosso nascimento, e está presente em todos os tecidos conjuntivos, principalmente nos cabelos e na pele.

A partir dos 30 anos de idade, a produção de colágeno diminui no nosso organismo e, por conta disso, muitos produtos, não só os de uso cosmético, são vendidos com o colágeno em sua composição. Produtos para consumo e suplementação alimentar também podem ajudar a manter bons níveis de colágeno no nosso organismo. Existe, por exemplo, o colágeno em pó, vendido nas farmácias e supermercados, que pode ser diluído na água ou no leite para beber.

A proteína do colágeno é super importante para manter a sustentação das estruturas  do nosso corpo, principalmente as que não são sustentadas pelos ossos. Ele dá firmeza para pele, unhas, cabelos, cartilagem e tendões. Além disso, a prática de exercícios físicos e a exposição controlada ao sol também contribuem para manter uma boa quantidade de colágeno no nosso corpo.

Resumindo: o colágeno provê a estrutura para todo o nosso organismo. Em uma analogia com a ideia de construção, o colágeno promove o alicerce do nosso corpo, assim como a ferragem para a construção. A proteína do colágeno realiza um  alinhamento que permite dar firmeza às estruturas do nosso corpo e, funciona como lubrificante, promovendo a elasticidade, inclusive dos seus cabelos.

Gel X Gelatina Capilar

As texturas do gel e da gelatina capilar são muito parecidas, até mesmo o cheiro pode ser semelhante. Entretanto, a textura da gelatina é um pouco mais diferente da textura do gel. Enquanto o gel tem uma textura mais líquida e leve, a gelatina capilar em uma textura mais densa e encorpada. Ambos os produtinhos podem ser usados sozinhos ou em misturas!

Gelatina Capilar: a mais nova aliada dos cachos

Além da consistência, o efeito que os produtos têm no cabelo também é diferente. A gelatina capilar é super indicada para as cacheadas e crespas que não abrem mão dos caracóis super definidos e com volume controlado. Isso porque, por conta da textura mais densa, ela segura o day after por muuuuito mais tempo.

Se você a-m-a cachos macios e bem definidos, investir no ritual do COG (creme, óleo e gelatina capilar) é um truque certeiro! A combinação de creme, óleo e gelatina capilar hidrata os fios, deixando eles super macios, sem frizz e definidos.

Gelatina Capilar + Creme de pentear = amor!

Além de ser livre de substâncias que prejudicam a saúde dos fios, a gelatina capilar também oferece nutrientes para hidratar, nutrir e recuperar a fibra capilar, além de ajudar no combate ao frizz. Ela pode ser usada pura (como se fosse um gel) ou misturada com um creme de pentear.

Após lavar as madeixas, faça uma misturinha de gelatina capilar com o seu creme de pentear preferido. Depois, aplique a mistura, amassando os fios de baixo para cima. Por fim, deixe secar naturalmente.  Vale lembrar que a gelatina capilar é mais indicada para os cabelos crespos, cacheados e ondulados, que costumam ser mais oleosos na raiz e mais secos nas pontas.

Gelatina Capilar durante a transição

Durante a transição, nós sabemos que fica super difícil começas a definir os caracóis. Por isso, a gelatina capilar pode ser a sua mais nova aliada! Uma diquinha pra turbinar a ação da gelatina capilar durante a transição é misturá-la com um creme ativador de cachos. Pra usar a misturinha é super simples: com os cabelos limpos e úmidos, aplique a mistura nos fios. Faça a aplicação mecha por mecha, uniformizando no comprimento e nas pontas. Depois, amasse os fios, de baixo para cima, para estimular os cachos. Prontinho! Cabelos lindos, definidos, hidratados e sem frizz.

Gelatina Capilar nos fios lisos

Se você cansou de usar o seu cabelo liso sempre do mesmo jeito, a gelatina capilar pode ser sua nova BFF! A dica pra usar o produto nesse tipo de cabelo é separar as madeixas, mecha a mecha, e ir aplicando uma misturinha de gelatina capilar + óleo. Não exagere na quantidade para não ressecar os fios. Em seguida, amasse os cabelos de baixo para cima e espere secar naturalmente. Ou, se preferir, finalize com um babyliss (mas não se esqueça do protetor térmico, hein?).

Outra diquinha é trocar o gel pela gelatina capilar na hora de fazer penteados com os cabelos presos ou semi presos. A aplicação pode ser feita do mesmo jeito que contamos acima ou você pode aplicar apenas na parte que ficará presa. O ideal é aplicar o produto ainda com os fios úmidos e esperar secar antes de fazer o penteado.

Como usar a gelatina capilar

O primeiro passo é, claro, lavar bem as madeixas. Lave como de costume e enxágue bem os fios. Depois disso, retire o excesso da água. Separe o cabelo em mechas. Aplique a gelatina capilar, enluvando cada mecha e deixe o produto agir conforme o tempo indicado na embalagem. Enxágue bem e, caso sinta necessidade, aplique um condicionador.

Gostou das dicas? Acompanhe o nosso Facebook e o nosso Instagram para ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos cabelos! 😉

Comentários do Facebook